o nosso milagre

23 abril, 2005

Era uma vez um milagre visual, e eu fotografei.
Não sei porque é que dei este título pomposo a várias fotografias que tirei nos trilhos românticos do Palácio de Cristal, mas aquela cor sensualíssima e a forma dramática como cobriam o chão deve-me ter lembrado do milagra das rosas (embora estas sejam camélias)...
Fica aqui o milagre para pintar o blog de cor de camélia... (E para o perfumar também.)


As pétalas das árvores
são os teus olhos.
Os teus dedos, longos e finos
Revelam-se galhos frágeis.
E esse tronco velho e muito gasto e usado
Por ventos egoístas
Rasgam-te em texturas,
corroem-te com o tempo.
E enquanto os pássaros
te namoram os cabelos finos
E os ninhos se pousam nessa pele fria,
Crias essas raízes profundas
Aninhas-te nessa terra húmida e cansada
E alimentas essa seiva-mulher.

Sem comentários:

Enviar um comentário