bicho

10 abril, 2006

Os bichos são coisas sem sexo
que rastejam na palma da mão.

Quando falam em bichos
é como se chamassem por mim.

Lá no fundo sou uma concha escavada
que rasteja devagar
pelo próprio corpo

O rastejar da vida por mim,
é o som único da
primeira noite de verão,

Quando os bichos preeenchem
a escuridão com o seu
concerto nocturno.


a sufragista, e o animalesco em mim,
mais orgânica que humana,
mais biolológica que social
e instinto

Sem comentários:

Enviar um comentário