comme un miroir de moi

23 setembro, 2009













                                                         
Frase tão pirosa, mesmo assim, dita por ela daquela forma era linda de ouvir e ver. A forma complicada como soletrava as palavras, a cara mimada e em pose, os lábios em beicinho. As coisas parolas delicadas são na mesma bonitas.
Descobri hoje que a menina que dizia "comme un miroir de moi" no filme "Les poupées russes" suicidou-se há quatro meses no seu apartamento de Paris.
Tal como no filme, uma linda modelo no seu apartamento de Paris com vista para o Sena e os "baton-rouges". Há qualquer coisa de assustador nesta descoberta. Penso nela a dizer esta frase muitas vezes, muito cliché femme-fatale. Agora podemos vê-la no cinema como Jane BirkinHow dramatic life seems some times.

Sem comentários:

Enviar um comentário