mas je regarde dans tes yeux

29 outubro, 2009

Vejo no reflexo dos teus olhos
a espera dos dias de verão
um poema fresco á beira-mar
que só me consome a memória
e o olhar que pára
a concentrar-se nas imagens
dos sonhos antigos.
sei que no meio da estação
está a virtude de todo o ano
é como encontrar a virtude
do poema, sempre escondida
no coração da mesma palavra.

Sem comentários:

Enviar um comentário