resoluções de outono

01 outubro, 2010



Sou uma péssima blogger. Não sou exemplo para ninguém. Devia postar todas as semanas, na impossibilidade de o fazer todos os dias. Ainda por cima esqueço-me dele abandonado na blogosfera — ninguém o lê — assim perdido, acho que um dia se esfuma. Prometo neste início de Outono (as resoluções são para se tomar no início das estações) tornar-me mais fiel a este bazar e a preencher pelo menos uma vez por semana, este espaço em branco.

Também reparei que tenho sido monótona a falar quase sempre de música, ou de músicos. Prometo tornar-me mais diversa nos temas e falar de outras coisas como cinema e livros... e fotografia, e tipografia e outras grafias. Além de uma blogger vergonhosa, sou uma leitora preguiçosa (de livros, leia-se). Abandono-os se me chateiam e não falam comigo, deixo-os a meio, pego neles outra vez, volto ao início, retomo a história e chateio-me outra vez com eles. Há vários livros com os quais tenho estas relações turbulentas. Outros é amor-à-primeira vista. A Mrs. Dalloway dá comigo em doida — culpa ou não da tradução — aquela escrita que esconde realmente algo bom não bate certo durante todo o livro, e o ritmo de descrições-pensamentos-personagens não é fácil de gerir com uma leitura-a-tempos (que é a que faço): ao pequeno-almoço, no comboio, na espera da consulta, no comboio e ao pequeno-almoço (não leio à noite, atormentam-me os sonhos). Prometo também tornar-me menos conflituosa com os livros e resolver as nossas discordâncias antes de os abandonar. Por isso resolvi que desta vez, vou ser teimosa e vou ler o original. Mas era mesmo este que eu queria...

2 comentários:

  1. Às vezes basta-me "ver-te", outras vezes leio-te. Mas gosto sempre de aqui vir.

    ResponderEliminar
  2. oh! muito obrigada. onde me "vês"?

    ResponderEliminar