generation next*

05 fevereiro, 2011



eu sou isto e aquilo.
é muito reconfortante ler sobre mim nos "mídia". já não me sinto assim tão sozinha, desamparada e tão parva.

só porque sou sem propósito, por aqui. só porque somos a vaguear sem poder ir contra nada, porque não estamos em nada. não agindo sobre as coisas, vamos ser a "geração passiva", uma vida a ver passar navios, saudosos de um passado que não conhecemos e projectando no fututuro todos os medos.
*

3 comentários:

  1. é...pois é! adorei o segundo artigo.

    ResponderEliminar
  2. hmmm... não gosto muito desta conversa nova de sermos uma geração passiva e perdida. parece-me quase desculpa para não arregaçarmos as mangas. acho q há muita gente por aí cheia de energia a fazer coisas óptimas, talvez apenas diferentes do "esperado" e por isso a geração anterior simplesmente não entenda.
    de qualquer forma somos certamente uma geração de sapatos giros, adoro os teus!

    ResponderEliminar
  3. acho que a conversa já não é nova... mas a verdade é que existem expectativas de uma geração que usurpou — de certa forma — as oportunidades da geração seguinte. se essa geração trabalhar até aos 67 a nossa começará a trabalhar aos 30 e dessa forma trabalharemos eternamente (falando de problemas mais complexos).
    há efectivamente muita gente a arregaçar as mangas, mas isso nem sempre nos permite viver sustentávelmente.

    ResponderEliminar