lopo xavier

20 maio, 2015


A preparar coisas tão importantes como bonitas.
Ou o lado prático de uma tese que escrevi há quatro anos: como valorizar simbolicamente o comércio tradicional da cidade do Porto, tendo por base o potencial da memória.

Na prática, tudo é menos romântico, mas no fundo é a própria concretização dos sonhos; no final, essa concretização pode ficar mais aquém do que sonhamos, mas é sempre uma concretização, nem que seja de tentativas.

Esperemos que no futuro, esta história seja ainda mais rica do que já é; e que mais pessoas a conheçam! Em breve, vamos dá-la a conhecer.

Sem comentários:

Enviar um comentário